Os Leds são de fato a melhor solução para iluminação elétrica, da atualidade. Fato que ninguém contesta, pois são inúmeras as vantagens de se utilizar tecnlogia led:

  • Baixo consumo de energia elétrica é o melhor trunfo;
  • Alta durabilidade em comparação com lampadas halogenas comuns,
  • Taxa de emissão de luz muito grande, por Watt de potência consumido;
  • Leve, e feita de material plástico, não quebra como vidro e nem solta estilhaços.

O Led é uma solução bem antiga, mas com os avanços da tecnlogia, ele ganhou destaque por ter melhorado muito nos utlimos anos, e sua aplicação que antes era apenas para iluminar botões de aparelhos e eletrodomesticos, passou a ser utilizada nos mais variados tipos de soluções. Fárois de automóveis, Tv’s, e iluminação do Lar.

Mas e quando a tecnologia LED falha ou chega ao fim de sua vida útil?

Tudo no mundo das invenções humanas, ( pelo menos atualmente ), vai deixar de funcionar algum dia… isso é fato irremediável.  E com os LED’s não é diferente.





Produzir o componente para durar muito, é algo que custa caro, pois a qualidade do material e dos processos de fabricação tem que ser impecável. O que para produção em grande escala em países como o nosso não é interessante.

Então no mercado você encontra Leds dos mais variados graus, de qualidade de fabricação. alguns não duram mil horas inclusive. e isso acaba se tornando um problema. pois veja você que comprou uma bela TV led, descobrir que sua smartTV linda só vai funcionar por mil horas e vai falhar e perder o brilho ou ficar com a tela totalmente escura…  Decepcionante não?  é a tal obsolência programada.

Na grande maioria dos casos onde está aplicado a tecnologia L E D ou diodo emissor de luz, os fabricantes constroem circuitos dependentes com a famosa ligação em serie:

ligação led em serie e paralelo

Exemplo de ligações de led em serie e paralelo.

A Construção de uma lampada LED com ligação em série é mais viável economicamente pois demanda um circuito muito simples para alimentar os leds a partir de uma voltagem maior que 3,3 volts que é a voltagem operacional da maioria dos leds. ( mas não de todos, existem leds de 5 volts, 10 volts, e muitas outras configurações ).





As lampadas de LED só queimam – deixam de acender ou ficam fracas por um motivo:

Como os leds estão conectados de maneira dependente, se um LED falhar, todo o circuito acaba comprometido e não funciona mais.  Na grande maioria dos casos para consertar uma lampada LED ou Refletor, Farol de milha, ou farol led auxiliar, Basta apenas abri-lo, testar os leds – detectar o que está queimado e então troca-lo.

Se você possui uma TV LED que sai som normal, mas não mostra imagem, faça o seguinte teste:

Tente iluminar a frente da tela da tv com uma lanterna e observar bem, com ela ligada em algum canal ou video, talvez você consiga enxergar a imagem aparecendo, isso é um sinal de que sua tv está com um led ou mais queimados atrás.

A quem goste de se aventurar e fazer jumper com um fio no lugar do led queimado, ou colocar um resistor, saiba que esta prática é nociva e pode causar incêndios.

Para consertar uma lampada de LED ou Barra de LED de uma TV por exemplo você irá precisar de :

  • Ferro de solda para eletrônica,
  • Arame de solda para eletrônica ou Solda,
  • Pasta para Soldar,
  • Um soprador térmico pode ajudar bastante a sacar o led da placa.
  • E multímetro para testar se os leds estão abertos ou em curto ( muitos multimetros tem a função de testar leds embutida)







Selecione a escala de diodo e coloque o cabo preto do multimetro na porta COM, e o vermelho na porta V. Então basta encostar as pontas de prova do multimetro nos terminais do led e observar o valor exibido no multimetro que deve ser algo em torno de 1600mV além do fato de que o led irá acender!

É possível observar que um led está queimado através de uma inspeção visual, leds com cor difrente dos demais da placa ou pretos provavelmente estão ruins também, mesmo que só haja um pontinho preto muito pequeno em sua face.

Trocar o led talvez seja a parte mais dificil para alguns que não tem experiência com solda de eletrônicos, talvez um video no youtube seja útil:  No exemplo abaixo o nosso amigo está trocando leds de uma barra de TV usando um soprador térmico.

Observe que ele teve o cuidado de aquecer a placa por apenas 30 segundos para remover o led.

O procedimento é o mesmo para lampadas de LED.